Mensagem do Pároco para a Quaresma

Queridos filhos paroquianos,

Hoje, Quarta Feira de Cinzas, estamos iniciando um novo tempo litúrgico: o Tempo da Quaresma! Tempo de conversão, mudança de vida e muita esperança vinda do Senhor!

Sabemos que a Quaresma são 40 dias de um grande retiro espiritual em preparação à Páscoa do Senhor Jesus. Sem dúvidas não é um tempo fácil, pois entraremos no deserto e, lá, seremos tentados pelo demônio de diversas formas e meios, a fim de nos impedir que vivamos na Graça esse tempo rico e abençoado. Porém, não podemos nos  esquecer e nem precisamos nos assustar, pois não entraremos sozinhos; seremos conduzidos ao deserto pelo Espírito; e, lá, permaneceremos e sairemos com Ele. Glória a Deus! Mas, para isso, precisamos orar e vigiar para não cairmos em tentação. Repito: Oração e Vigilância!

Queridos, a Santa Mãe Igreja, sabendo que somos fracos e necessitados, nos presenteia com  três práticas quaresmais que nos ajudarão a vivermos bem esse tempo: Oração, esmola e jejum.

Oração: Devemos acrescentar algo ao que já rezamos. Eis algumas sugestões: Rezar a Via Sacra; oração do Santo Terço; Adorar mais a Jesus Eucarístico; ler ao menos 5 min da Palavra diariamente; conhecer a vida dos santo; buscar com mais frequência o Sacramento da Reconciliação; etc..

Penitência: Deve ser, sobretudo, penitência corporal, ligada renúncia de alimentos. Como por exemplo, retirar os lanche, ou a sobremesa; retirar alguma alimentação de que se gosta muito, etc…

Esmola: Aqui, trata-se da caridade fraterna,em suas mais diversas formas: visitar um enfermo; aproximar-se de alguém de quem se está afastado; visitar orfanatos; dar de comer a quem tem fome; etc…

Amados, à noite, na Sta. Missa de Cinzas, darei outras sugestões para vivermos bem esse Tempo forte da quaresmal e sairmos do deserto, robustos espiritualmente e prontos para ressuscitarmos com Cristo Jesus. Perseveremos! No final a vitória é certa! Amém!

Tenhamos todos uma santa e abençoada Quaresma no Senhor e no Espírito!!!

Deus vos abençoe,
Pe. Sergio Luis.

Comentários

comentários