Papa participa de oração ecumênica em Genebra: “caminhar juntos”

Francisco visita Genebra nesta quinta-feira, uma peregrinação ecumênica por ocasião dos 70 anos do Conselho Ecumênico das Igrejas

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

Francisco durante oração ecumênica nesta manhã na sede do Conselho Mundial de Igrejas / Foto: Reprodução Youtube – Vatican News

O caminho da divisão leva a guerras e destruições; Deus pede o caminho de comunhão, que leva à paz. Esta foi a reflexão do Papa Francisco ao participar, nesta quinta-feira, 21, da Oração Ecumênica na sede do Conselho Mundial de Igrejas, em Genebra, na Suíça. 

Francisco realiza hoje uma peregrinação ecumênica à cidade suíça por ocasião dos 70 anos do Conselho Ecumênico das Igrejas. “Desejei vir aqui, peregrino em busca de unidade e de paz”, disse o Papa, destacando que “caminhar juntos” para os cristãos não é uma estratégia, mas um ato de obediência a Deus e de amor pelo mundo.

Acesse
.: Íntegra do discurso
.: Notícias sobre a visita do Papa a Genebra

O Santo Padre lembrou que o homem é um ser a caminho, mas caminhar requer disciplina e causa cansaço, demanda paciência, treinamento diário, também a renúncia de alguns caminhos em prol daquele que conduz à meta. “É por isso que muitos desistem, preferindo a tranquilidade doméstica, onde pode cuidar comodamente dos seus negócios sem se expor aos riscos da viagem”.

“O ecumenismo pôs-nos em movimento segundo a vontade de Jesus e poderá avançar se, caminhando sob a guia do Espírito, recusar toda a reclusão autorreferencial”, destacou.

Após tantos anos de empenho ecumênico, Francisco rezou, neste 70º aniversário do Conselho, para que o Espírito Santo revigore esse passo. “Que as distâncias não sejam desculpas! É possível, já agora, caminhar segundo o Espírito. Rezar, evangelizar, servir juntos: isto é possível e agradável a Deus. Caminhar juntos, rezar juntos, trabalhar juntos: eis a nossa estrada-mestra de hoje”.

O Santo Padre pediu, por fim, que os cristãos possam caminhar juntos, com mais vigor, nos caminhos do Espírito Santo. “Que a Cruz nos sirva de orientação no caminho, porque lá, em Jesus, foram abatidos os muros de separação e foi vencida toda a inimizade: lá compreendemos que, apesar de todas as nossas fraquezas, nada poderá jamais separar-nos do seu amor”, concluiu.

Leia também
.: Visita do Papa a Genebra é significativa em caminho ecumênico, diz bispo
.: Após JPII, Papa Francisco visita Suíça em peregrinação ecumênica
.: Bispo comenta empenho da Igreja católica no diálogo ecumênico

O post Papa participa de oração ecumênica em Genebra: “caminhar juntos” apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta