Papa envia videomensagem aos participantes do World Government Summit

Francisco ressaltou que o desenvolvimento deve ser feito com solidariedade

Da redação, com Vatican Media

Papa em vídeo aos membros do World Government Summit./ Foto: Reprodução Youtube VaticanMedia

O Papa Francisco enviou uma videomensagem aos participantes do VII World Government Summit, que acontece em Dubai, deste domingo até a próxima terça-feira, 12. O evento é realizado anualmente e reúne líderes de governo de todo o mundo para um diálogo global sobre os processos e as políticas governamentais focados nos temas do futurismo, tecnologia e inovação, bem como outros tópicos. O encontro conta com mais de 90 oradores de 150 países participantes e com mais de 4000 participantes.

Em sua mensagem, o Pontífice saudou os líderes e agradeceu a acolhida em sua viagem aos Emirados Árabes Unidos, na última semana.

“Encontrei um país moderno, que olha para o futuro, sem esquecer suas raízes. Um país onde se busca transformar em fatos e iniciativas concretas as palavras tolerância, fraternidade, respeito recíproco, liberdade. Eu vi que mesmo no deserto as flores brotam e crescem. E voltei para casa com a esperança de que tantos desertos no mundo possam florescer. Acredito que isto seja possível, mas somente se crescermos juntos, lado a lado, com abertura e respeito, disponíveis para assumir os problemas de todos, que são os problemas de cada um na aldeia global.”

O Papa citou o compromisso dos líderes em discutir ações em questões fundamentais, como os desafios da política, o desenvolvimento da economia, a proteção do meio ambiente e o emprego de tecnologias, e disse o que espera do encontro:

“Faço votos que a questão por trás das reflexões não seja tanto quais são as melhores oportunidades a serem exploradas, mas que tipo de mundo queremos construir juntos? É uma questão que nos leva a trabalhar pensando nos povos e nas pessoas mais do que nos interesses econômicos e no capital; uma questão que não olha para o futuro imediato, mas para o futuro, para a responsabilidade que pesa sobre nós: transmitir este nosso mundo para aqueles que virão depois de nós, preservando-o da degradação ambiental e, antes ainda, moral.”

Em sua mensagem, Francisco citou a Laudato Si, e afirmou que não se pode falar em desenvolvimento sustentável sem solidariedade:

“Poderíamos até mesmo dizer que o bem, se não é comum, não é realmente bem. Talvez nunca como agora o pensar e o agir requerem diálogo verdadeiro com o outro, porque sem o outro não há futuro para mim. Faço votos a vocês então, que em suas atividades, partam dos rostos das pessoas, do ouvir o clamor dos povos e dos pobres, de refletir sobre as necessidades das crianças. Com estes pensamentos, agradeço-lhes e desejo-lhes uma obra frutuosa ao serviço do bem comum e peço ao Senhor que abençoe seus esforços por um mundo mais justo e próspero para todos.”

O post Papa envia videomensagem aos participantes do World Government Summit apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta