Papa frisa que desenvolvimento sustentável é apoiado em valores éticos

Francisco se reuniu com participantes da conferência ‘Religiões e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável’

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

Papa Francisco durante a conferência nesta sexta-feira, 8 / Foto: Vatican Media

Neste sexta-feira, 8, o Papa Francisco se encontrou no Vaticano com integrantes de uma conferência internacional intitulada “Religiões e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: ouvindo o choro da Terra e dos pobres”.

Segundo o Santo Padre, quando se trata de sustentabilidade, todos os envolvidos devem ser ouvidos, especialmente os mais necessitados. Além disso, este tema jamais deveria ser restrito apenas às questões econômicas. “Isso levou o sistema econômico moderno a um caminho perigoso, em que o progresso é avaliado apenas em termos de crescimento material, por conta do qual somos quase obrigados a explorar irracionalmente o meio ambiente e nossos semelhantes”, ponderou o Santo Padre.

O Papa também citou seu predecessor, São Paulo VI, que pensava da mesma maneira: o desenvolvimento deve envolver todas as pessoas. “Não apenas algumas”, defende Francisco. “A pessoa como um todo, não apenas a dimensão material. Quaisquer discussões frutíferas sobre desenvolvimento, entretanto, deveria oferecer vários modelos de integração social e conversão ecológica, porque não podemos nos desenvolver como seres humanos fomentando a desigualdade e degradação do ambiente”, afirmou.

O povo indígena também foi mencionado por Francisco durante o encontro, pois essas pessoas nos lembram o quão sagrada a Terra é. “A voz e a preocupação dessas pessoas deveriam estar no centro da implementação da Agenda 2030 e o coração da busca por caminhos mais sustentáveis para o futuro”. Ainda sobre os índios, Francisco recordou que estará em outubro com os bispos sul-americanos no Sínodo Pan-Amazônico.

Por fim, o Papa lembrou que a injustiça jamais deve prevalecer no mundo. Ele citou a encíclica Laudato Si neste aspecto. “Passados três anos e meio desde a adoção dos objetivos de desenvolvimento sustentável, devemos estar ainda mais conscientes da importância de acelerar e adaptar nossas ações para responder adequadamente tanto ao grito da terra quanto ao grito dos pobres”, disse.

A Conferência está sendo organizada conjuntamente pelo Dicastério Vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral e pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, até este sábado, 9.

O post Papa frisa que desenvolvimento sustentável é apoiado em valores éticos apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta