Papa pede gestos de paz para combate do ódio e da violência

Após o Ângelus deste domingo, 17, Francisco recordou a dor das vítimas do ataque a duas mesquitas em Christchurch, Nova Zelândia

Da redação, com Vatican News

Papa Francisco/ Foto: Vatican Media

Após a oração do Ângelus deste domingo, 17, o Papa Francisco pediu aos fiéis orações e gestos de paz para combater o ódio e a violência no mundo. O Santo Padre recordou acontecimentos destes últimos dias que fizeram a sociedade assistir e experimentar a dor de guerras e conflitos que “não deixam de afligir a humanidade”.

Neste contexto, o Pontífice fez memória a dor das vítimas do ataque ocorrido na última sexta-feira, 15, a duas mesquitas em Christchurch, Nova Zelândia. “Eu oro pelos mortos e feridos e suas famílias. Estou perto dessa comunidade religiosa e civil”, afirmou o Papa, que prosseguiu convocando os cristãos a rezarem pelos muçulmanos que foram assassinados no atentado.

Francisco concluiu sua fala saudando todos os presentes na Praça São Pedro. “Não esqueçam de rezar por mim. Tenha um bom almoço e até breve!”, finalizou.

Leia mais
.: Nova Zelândia: Papa manifesta solidariedade à comunidade muçulmana

O post Papa pede gestos de paz para combate do ódio e da violência apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta