Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Manilha

Papa Francisco receberá, em julho, Vladimir Putin, presidente da Rússia

Papa Francisco receberá, em julho, Vladimir Putin, presidente da Rússia

Trata-se do terceiro encontro entre o Pontífice e Putin. O primeiro foi em 25 de novembro de 2013, e o segundo em 10 de junho de 2015.

Da redação, com Vatican News

Francisco e Putin durante o segundo encontro entre as duas autoridades, em 2015 / Foto: Vatican Media

O Papa Francisco receberá em audiência, no Vaticano, em 4 de julho próximo, o presidente russo, Vladimir Putin. Trata-se do terceiro encontro entre o Pontífice e Putin.

O primeiro foi realizado em 25 de novembro de 2013. Depois da conversa particular de 35 minutos, houve a troca tradicional de dons. O Papa deu de presente a Putin um mosaico que retrata os Jardins Vaticanos. O presidente russo deu de presente ao Pontífice um ícone de Nossa Senhora, muito venerada na Rússia. A crise síria esteve no centro dos colóquios. Na ocasião, o Papa ressaltou “a urgência de cessar a violência” e “favorecer iniciativas concretas para uma solução pacífica do conflito”.

O segundo encontro foi realizado em 10 de junho de 2015. A conversa particular ocorreu na Biblioteca da Residência Pontifícia Vaticana e durou cerca de 50 minutos. Depois, teve lugar a apresentação do séquito e a troca de presentes.

O presidente Putin doou ao Papa uma representação bordada da Igreja de Jesus Salvador. Francisco doou a Putin o medalhão do artista Guido Veroi, que representa o anjo da paz e convida à construção de um mundo de solidariedade e paz fundado na justiça, e uma cópia da Exortação Apostólica Evangelii Gaudium.

Segundo a nota divulgada pela Sala de Imprensa da Santa Sé naquela ocasião, o encontro foi dedicado principalmente ao conflito na Ucrânia e à situação no Oriente Médio. Sobre a situação na Ucrânia, o Santo Padre afirmou que era preciso se comprometer num esforço grande e sincero para realizar a paz.

Em relação ao Oriente Médio, sobretudo nos países como Síria e Iraque, “foi substancialmente confirmada a necessidade urgente de buscar a paz com o interesse concreto da Comunidade internacional, garantindo as condições necessárias para a vida de todos os membros da sociedade, incluindo as minorias religiosas, em particular os cristãos”.

Encontro com o Papa Bento XVI

Em 2007, o Papa Bento XVI recebeu em audiência, no Vaticano, o presidente Valdimir Putin. Segundo a nota da Sala de Imprensa da Santa Sé daquele período, as conversas realizaram-se “num clima muito positivo” que “permitiram identificar as relações cordiais existentes entre a Santa Sé e a Federação Russa, bem como a vontade recíproca de desenvolvê-las ainda mais, também com iniciativas culturais específicas”.

Nesse contexto, “foram examinados alguns temas bilaterais de interesse comum, referentes às relações entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa, e foram analisadas as questões internacionais atuais, em particular as relativas ao Oriente Médio. Não faltou referência aos problemas do extremismo e da intolerância, ameaças graves para a convivência civil entre as nações, sublinhando a necessidade de preservar a paz e favorecer uma resolução negociada e pacífica dos conflitos”.

O post Papa Francisco receberá, em julho, Vladimir Putin, presidente da Rússia apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Compartilhe esta publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no print
Compartilhar no email